Nova História

A difamação anti-portuguesa acaba aqui. Contra as mentiras, marchar, marchar.

Entre conhecedores e curiosos do império asiático de Portugal, a relação entre Lisboa e o Irão, assim como a política iraniana gizada pelos nossos reis e vice-reis, são – o que só pode surpreender-nos – objecto de muito menor interesse que a presença lusa na Índia, no Ceilão, na Malaia ou no Japão. Trata-se de falha...

  Imagem de marca da capital e cartão-postal do país, o Banco Nacional de Angola (BNA) é um dos edifícios mais importantes da cidade, e domina a baixa luandense desde 1956, quando abriu portas com pompa e circunstância com o nome de Banco de Angola. O projecto arquitectónico é de autoria do arquiteto português Vasco...

Em meados de 1691, o aventureiro alemão Gelbert Kaempfer, autor de uma Histoire Naturelle, Civile, et Ecclesiastique du Japon, passou por Ayutthaya, então capital do Sião (hoje Tailândia), tendo vivido por algumas semanas no bandel (1) dos Portugueses. Foi convidado por um sacerdote português para se instalar na...

Pediram os professores às crianças que, com as canetas, os lápis de cores e o papel que Portugal lhes ofereceu, exprimissem o que lhes ia na alma. Sem excepção e absolutamente livres – falo tailandês e prestei a máxima atenção aos professores – os miúdos traduziram esse sentimento desenhando com espantosa criatividade a...

De todas as graves palermices que se vão contando sobre o passado comum a portugueses e brasileiros, poucas serão de refutação mais simples, mas de efeito mais largo e destruidor, que a noção de que Portugal “roubou” ouro brasileiro, ou de que esbulhou esse seu antigo território hoje feito grande nação independente....

A ocupação napoleónica de Malta, e a resistência da população local ao invasor, foram momentos marcantes da História da estratégica ilha mediterrânica. Os franceses tinham chegado em 1798, quando Napoleão, que cruzava o Mediterrâneo a caminho do Egipto, desembarcou no antigo bastião dos cavaleiros de São João. Malta,...

Um povo de marinheiros e pescadores que dominou os mares e as rotas do comércio, erigiu feitorias, fortalezas, catedrais e cidades pelas sete partidas do mundo, juntou povos e pescou almas, produzindo um novo tipo de sociedade fundada na indistinção da raça, da cor e da etnia. Tão grande foi o sulco de tal empresa...

Este magnífico mural, no bairro de Santa Cruz do Rio de Janeiro, recorda o Brasil das suas raízes. E recorda-o de que é país desbravado, construído, evangelizado pelos bravos padres que lhe chegaram da Europa. Estes homens extraordinários eram campeões do espírito e do vigor físico; entregavam-se a viagens de...

Em Adonara, ilhéu vulcânico situado a norte de Timor e a leste da ilha de Flores, subsiste uma comunidade católica que reivindica ascendência portuguesa. A ilha vulcânica foi tocada pelos nossos navegadores a partir do segundo quartel do século XVI, inscrevendo-se no circuito do comércio do sândalo. Ali se...

Fujamos da Europa. O nosso lugar é no mundo. Aqui está a prova que tentam ocultar: fazer esquecer aos portugueses que estivemos na Ásia durante meio milénio, reduzir-nos a um obscuro e periférico lugar no canto extremo do ocidente da Europa dos negócios e dos colarinhos brancos. Venham à Ásia, visitem Goa, Malaca,...